HORA MUNDIAL (Clique sobre o local desejado para visualizar)

sábado, 22 de maio de 2010

DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (Nova DIT) (Exercício - outro)

1. Por divisão internacional do trabalho entende-se:

a) Produção de tudo que um país necessita para seu
desenvolvimento, isso em virtude de sua intensa industrialização.
b) Organização dos países do terceiro mundo, responsável pela
integração cada vez maior de suas economias.
c) Autonomia entre países exportadores de matérias-primas e os
exportadores de produtos industrializados.
d) Especializações dos países em produção de determinadas
mercadorias destinadas ao mercado internacional.
e) Necessidade de circulação de mercadorias, isto é, o comércio nos
diferentes graus de desenvolvimento.
2. A desigualdade entre desenvolvimento de países ricos e pobres,
dá-se o nome de divisão internacional do trabalho.
Caracterizada por vários fatores exceto:

a) As nações pobres são produtoras de matéria-prima
b) As nações pobres são os sustentáculos do sistema, fazendo parte
da periferia.
c) A riqueza dos países periféricos gerou sempre a sua pobreza.
d) Os ricos são o centro do mundo capitalista, pela sua autonomia e
auto-suficiência.
e) Os países de centro exploram os recursos humanos e naturais
dos países periféricos.

3. A respeito da moderna divisão internacional do trabalho julgue os
itens abaixo V ou F:

( ) Alguns países subdesenvolvidos, além de exportadores
tradicionais de matérias-primas para os países desenvolvidos,
exportam também produtos manufaturados, tais como calçados,
Tecidos e até automóveis.
( ) Empresas multinacionais instaladas nos países subdesenvolvidos
remetem boa parte dos seus lucros aos países desenvolvidos.
( ) Bens manufaturados exportados pelos países subdesenvolvidos,
via de regra, têm preços mais baixos e menor valorização no
mercado internacional.
( ) A transferência de tecnologias e a proibição de remessas de lucro
para o exterior tornaram-se importantes mecanismos utilizados pelas
empresas multinacionais instaladas na América Latina para
desenvolver nosso parque industrial após a década de 50.
( ) Empresas multinacionais têm-se utilizado de vasta mão-de-obra
barata, das matérias-primas a baixo custo, dos incentivos fiscais e da
freqüente inexistência de legislação ambiental nos países
subdesenvolvidos.

4. O que chamo de a mais nova divisão internacional do trabalho
está disposta em quatro posições diferentes na economia
informacional/global: produtores de alto valor com base no trabalho
informacional; produtores de grande volume baseado no trabalho de
mais baixo custo; produtores de matérias-primas que se baseiam em
recursos naturais; e os produtores redundantes, reduzido sao
trabalho desvalorizado (...) A questão crucial é que estas posições
diferentes não coincidem com os países.São organizadas em redes
e fluxos, utilizando a infra-estrutura tecnológica da economia
informacional (...)
(Manuel Castells, A sociedade em rede.)
Considerando as informações contidas no trecho e as alterações no
espaço geográfico a partir da Revolução Informacional, é correto
afirmar que:

(A) A nova divisão internacional do trabalho é uma reprodução da
clássica divisão, pois há espaços geográficos de alto valor
informacional (países centrais) e outros de trabalho desvalorizado
(países da periferia).
(B) O desenvolvimento tecnológico na área de informação, ao
reorganizar os fluxos de capital e de pessoas, criou uma rede
hierarquizada e cristalizada de novos países informatizados.
(C) As “cidades globais” Nova Iorque, Otawa e Rio de Janeiro são
espaços geográficos exclusivos dos produtores de alto valor do
trabalho informacional, representando, portanto, os ícones da nova
divisão internacional do trabalho.
(D) As quatro posições descritas podem ocorrer simultaneamente
num mesmo país, visto que a nova divisão internacional do trabalho
não ocorre entre países, mas entre agentes econômicos organizados
em sistemas de redes e fluxos.
(E) Estão excluídos da nova divisão internacional do trabalho os
países de economia dependente, porque não são capazes de
produzir tecnologia de ponta, o que os impede de participar

5- Caracterizam os países subdesenvolvidos, exceto:
a) baixo consumo de energia elétrica;
b) elevadas taxas de natalidade;
c) grande crescimento populacional;
d) predominância da população economicamente ativa no setor secundário e terciário;
e) predomínio de matérias-primas nas exportações.

6- Cortando fronteiras com capital e tecnologia, as multinacionais otimizam mercados, recursos naturais e políticos em escala mundial. Uma nova forma de acumular lucros, uma nova divisão internacional do trabalho. KUCINSKI, Bernardo. O que são multinacionais
A nova divisão internacional do trabalho apresentada no texto tem como causa a seguinte atuação das multinacionais:


a) aplicação de capitais em atividades agropastoris nos países periféricos;
b) implantação de filiais em países de mão-de-obra barata;
c) participação em mais de um ramo de atividade;
d) importação de matérias-primas do 3° mundo;
e) exploração de novas fontes de energia.

(O gabarito deste exercíco está no link abaixo)
http://adohstestes.blogspot.com/2010/05/divisao-internacional-do-trabalho-nova.html

10 comentários:

  1. Olá estou estudando está matéria, eu li e reli no meu caderno e achei a resposta da n° 1 e estáde acordo com a letra D. Pois tem um texto aqui escrito -> A divisão internacional do trabalho é a especialização dos países na produção de determinadas mercadorias destinadas ao mercado internacional. POR FAVOR ME AJUDE QUAL ESTÁ CORRETA ? HÁ ALGUM DEBATE SOBRE ESTA QUESTÃO ?PLISSS PROVA CHEGANDOO ANGEL

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Você estaria certo (com o item D) se a pergunta fosse sobre a DIT clássica somente. Porém, esta questão refere-se à Nova DIT, então, a resposta certa é o item (E)

    ResponderExcluir
  3. Complementando a resposta publicada acima:
    Observe o que esclareci e compare com a questão nº4- (resposta letra D).

    ResponderExcluir
  4. o que a divisaõ internacional do trabalho trasporta

    ResponderExcluir
  5. Esssa é uma pergunta genérica. Porém, creio que pode ser explicado rapidamente assim:
    Os novos países industrializados passam a ser fornecedores de produtos industrializados de baixa tecnologia, capitais, lucros das transnacionais, pagamento de juros e da dívida externa, bem como, matérias primas agrícolas e minerais aos países ricos, que por sua vez, passam a serem fornecedores de produtos industrializados de alta tecnologia, empréstimos, investimentos e a própria tecnologia para esses novos países industrializados. Assim essa nova DIT é mais complexa envolvendo o fluxo de mercadorias e capitais de ambos os lados. Entretanto a DIT clássica continua a conviver com a nova DIT (nova ordem mundial).

    ResponderExcluir
  6. Olá! Gosto muito dos questionários desse blog e eventualmente extraio deles algumas ideias, porém, na questão nº 3, na última afirmativa "( ) Empresas multinacionais têm-se utilizado de vasta mão-de-obra
    barata, das matérias-primas a baixo custo, dos incentivos fiscais e da freqüente inexistência de legislação ambiental nos países subdesenvolvidos." trocaria "frequente inexistência" por "frágil legislação". Obrigada professora pela colaboração aos estudos de Geografia
    Professora Vânia

    ResponderExcluir
  7. Olá, Vânia.
    Seja bem vinda e sempre às ordens!

    ResponderExcluir