HORA MUNDIAL (Clique sobre o local desejado para visualizar)

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

QUESTÕES DO ENEM PARA O 9º ANO!!!

01)(Enem-2009) Os países que formam a CEI (Comunidade dos Estados Independentes) são:

(A) as antigas repúblicas formadoras da ex-URSS.
(B) os países da antiga Cortina de Ferro.
(C) os antigos países comunistas do leste europeu exceto a Rússia.
(D) as antigas Repúblicas formadoras da ex-URSS, exceto as Repúblicas Bálticas.

02)(Enem-2009) Após a Segunda Guerra Mundial, a Europa Ocidental toma consciência de sua deterioração econômica e percebe que está diante de um problema: o isolamento nacional põe cada nação sob a dependência econômica direta dos Estados Unidos, que desempenham, ao mesmo tempo, o papel de aliado militar. A solução encontrada foi a integração de alguns países europeus através:


(A) Do EFTA ( Associação européia de livre comércio)
(B) Do COMECOM (Conselho de assistência econômica militar)
(C) Da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte)
(D) Do MCE (Mercado Comum europeu) que anos depois se tornaria a União Europeia.

03)(Enem 2009) Analise a seguinte informação: “A Sérvia considera-se sucessora da Iugoslávia.” Depois do esfacelamento da antiga Iugoslávia, surgiram seis novos países (Sérvia, Eslovênia, Croácia, Bósnia-Hezergovina, Montenegro e Macedônia). Baseado nas informações acima, marque a opção que explica afirmação acima citada:

(A) A Sérvia acredita ser a sucessora da Iugoslávia pois é o país mais industrializado de todos os seis.
(B) O governo Sérvio acredita poder dominar todos os outros países que fazem parte do território Iugoslavo pós-fragmentação.
(C) A Sérvia herdou grande parte do potencial bélico da antiga Iugoslávia, e sua capital Belgrado, era sede do antigo governo iugoslavo.
(D) A Sérvia investe em pesquisas científicas aeroespaciais e na indústria petroquímica, o que lhe dá condições de se tornar uma nova Iugoslávia.


04) Do ponto de vista geopolítico, a Guerra Fria dividiu a Europa em dois blocos. Essa divisão propiciou a formação de alianças antagônicas de caráter militar, como a OTAN, que aglutinava os países do bloco ocidental, e o Pacto de Varsóvia, que concentrava os do bloco oriental. É importante destacar que, na formação da OTAN, estão presentes, além dos países do oeste europeu, os EUA e o Canadá. Essa divisão histórica atingiu igualmente os âmbitos político e econômico que se refletia pela opção entre os modelos capitalista e socialista.

Essa divisão europeia ficou conhecida como:
a) Cortina de Ferro.
b) Muro de Berlim.
c) União Europeia.
d) Convenção de Ramsar.
e) Conferência de Estocolmo.

(Mais tarde postarei o gabarito)

EUROPA - (Divisões regionais)

A Europa pode ser dividida em seis regiões são elas:
Europa Nórdica
Situada no extremo norte da Europa, os países Nórdicos são caracterizados por serem de alto padrão de vida social e economias estáveis. Dinamarca, Finlândia, Islândia, Noruega e Suécia fazem parte desta região, o que demonstra que problemas sociais não são temas desses países. Com índices de renda per capta entre US$ 19.000 (o valor mais baixo) até US$ 28.000, essas nações estão a anos-luz da realidade mundial. Particularmente, a Noruega recebeu este ano (2001) a indicação da ONU (Organização das Nações Unidas) como país de melhor nível de vida do mundo, a partir dos indicadores sociais e econômicos (IDH). O padrão de vida nórdico chega a diferenciar-se do padrão europeu. Com pouca população e muito dinheiro circulando em seus territórios, esses países distribuem muito bem suas riquezas. No campo físico, a região é muito conhecida pelos fiordes noruegueses que estão na península Escandinava (Noruega e Suécia), enquanto que a ilha da Islândia, que situa-se bem afastada da massa continental européia, possui grandes processos vulcânicos por estar num falha tectônica. Outro fato interessante da Europa Nórdica, é o acontecimento do “sol da meia-noite” (no verão) e da aurora boreal (no inverno). Isto é possível em virtude da região estar localizada na proximidade do Pólo Norte (países setentrionais).
Europa Central
Conhecida também como centro geoeconômico da Europa, por agrupar os países mais ricos e influentes em questões mundiais, essa região é na verdade o coração europeu em todos os sentidos. Esta área é formada por doze nações que são difundidas em todo o mundo como governantes da União Européia (UE), pois nesta região está localizada a sede da UE em Bruxelas, capital da Bélgica. Países como: Alemanha, Reino Unido, França e Itália, são grandes potências econômicas e também participam como membros do G-7 (Grupo dos Sete: os países mais ricos do mundo), e Áustria, Bélgica, Irlanda, Holanda, Luxemburgo, Liechtenstein, Suíça, Mônaco, San Marino e Vaticano dão suporte econômico para a União Européia. Os países dessa região possuem economias estáveis e bons níveis de vida. O território da Europa Central é caracterizado por diferentes formas de relevo, podemos encontrar desde extensas planícies (como na região dos Países Baixos – Holanda) até grandes montanhas, onde está localizado o Mont Blanc (Monte Branco) com 4.810 metros de altitude (ponto mais alto da Europa), situado na região dos Alpes, entre a França e a Itália.

Península Ibérica
São três nações que compõem esta região: Andorra, Espanha e Portugal. Mas nem por isso deixa de ter significativa importância para a Europa. Esses países (Espanha e Portugal) foram grandes potências na época da colonização das Américas, sendo que atualmente suas influências estão mais relacionadas com o continente europeu. Participam da União Européia desde a sua criação e são grandes produtores agrícolas na Europa por terem suas terras em latitude mais baixa, o que condiciona um clima mais quente do que outros países do continente. São grandes os atrativos turísticos da região, tanto suas famosas praias mediterrâneas, como pelas questões históricas. O relevo da região é muito peculiar, pois se tem áreas de montanhas (Serra Nevada) e extensas planícies e planaltos. O nome Ibérica provém da península em que se localizam essas nações.
Leste Europeu
Com a maior extensão territorial das divisões regionais da Europa, o Leste Europeu é composto por países originados com o fim da Guerra Fria e com nações que faziam parte do bloco socialista da Europa. Em conseqüência deste fato, muitas nações estão sofrendo atualmente grandes crises econômicas por entrarem tardiamente no sistema capitalista, onde a tecnologia de ponta caminha junto com o poder do capital. Eles também se uniram para reunir forças e formaram a CEI (Comunidade dos Estados Independentes). Esta região é “liderada” pela Rússia, mas possui outras nações importantes e conhecidas: Polônia, Romênia, Hungria, República Theca, Ucrânia, Eslováquia, Moldávia, Belarus, Geórgia, Armênia e Azerbaidjão. No que se refere ao relevo local podemos citar os montes Urais, que fazem a divisão da Europa com a Ásia, e extensas planícies que são áreas agrícolas de suma importância para estes países.
Península das Balcãs
Conhecida nos últimos anos como palco da Guerra da Iugoslávia, essa região está mergulhada em diversos problemas de ordem sociais e econômicos, onde Iugoslávia, Croácia, Bósnia-Herzegóvina e Macedônia levarão anos para se reestruturar internamente. Porém, Grécia, Bulgária, Eslovênia, Albânia e Turquia (parte européia) já não se encontram em situação tão precária, vale destacar que a Grécia é um país-membro da União Européia desde sua criação e possui índices sócio-econômicos muito diferentes de seus vizinhos. Em conseqüência da guerra, a região está muito desestruturada e necessita de ajuda financeira internacional. Por outro lado, observamos o turismo grego crescer a cada ano e se destacar no panorama mundial. Caracterizado por regiões montanhosas, as Balcãs possuem um relevo peculiar ao longo de sua extensão, encontrando planícies somente no norte desta região.
Países Bálticos
Tendo o menor território de todas as regiões da Europa, os Países Bálticos são formados por três nações provindas do extinto mundo socialista: Estônia, Letônia e Lituânia. Vale lembrar que esta região possui este nome em razão do mar que banha essas três nações, o Mar Báltico. Estes países conseguiram sua independência com o fim da URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas) e em respaldo a este fato se encontram muito atrasados para o sistema capitalista, que gerou uma busca pela modernização nas empresas de celulose (papel) e pesqueiras. As três nações se uniram de tal forma que é muito difícil relacionar uma delas sem pensar na outra, isto pode ser explicado pela proximidade geográfica, cultural e religiosa que elas possuem. A região é caracterizada por extensas planícies, mas também é composta por montanhas em seu interior.

Europa Nórdica
Dinamarca, Finlândia, Islândia, Noruega e Suécia

Europa Central
Alemanha, Áustria, Bélgica, França, Holanda, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Luxemburgo, Mônaco, Reino Unido, San Marino, Suíça e Vaticano

Península Ibérica
Andorra, Espanha e Portugal

Leste Europeu
Armênia, Azerbaidjão, Belarus, Eslováquia, Geórgia, Hungria, Moldávia, Polônia, República Theca, Romênia, Rússia e Ucrânia,

Península das Balcãs
Albânia, Bósnia-Herzegóvina, Bulgária, Croácia, Eslovênia, Grécia, Iugoslávia, Macedônia e Turquia (parte européia)

Países Bálticos
Estônia, Letônia e Lituânia

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Prova 9ºs anos - 3º bimestre (M. Brum)

(Clique nas imagens para ampliá-las.) (Postarei mais tarde o gabarito)



Prova 8ºs anos - 3º bimestre (M. Brum)

(Clique nas imagens para aumentá-las). Postarei mais tarde o gabarito.