HORA MUNDIAL (Clique sobre o local desejado para visualizar)

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Ensino Médio INDÚSTRIA

INDUSTRIA

1ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL.
O Reino Unido (Inglaterra) foi o berço da atividade industrial, o que se explica por alguns fatores como: acúmulo de capital do mercantilismo e do colonialismo, importantes reservas de carvão mineral e minério de ferro, matérias primas fornecidas pelas colônias e excesso de mão-de-obra causado pelo êxodo rural.
A grande novidade foi à introdução da máquina a vapor, criada em 1712, mais aplicada em teares, navios e a locomotivas.
2ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL.
Com a descoberta de novas fontes de energia, como o petróleo e a eletricidade , a nova atividade industrial logo se espalhou por outros países. Hoje, observamos que esses países formam o conjunto que reúne as sete maiores economias do mundo, chamados de G-7. Esses países além do alto padrão de vida, têm um lugar garantido no centro de capitalismo mundial. A Rússia, desde 19997, foi admitida como país membro no g-8, mas não participa das discussões de assuntos econômicos.
Para gerar mais lucros, o norte-americano Frederick Taylor inovou com o método conhecido como taylorismo, onde o empregado deveria executar uma tarefa, com o menor
gasto de tempo e energia possível. Henry Ford, o magnata da industria de automóveis, introduziu o fordismo, caracterizado pela especialização do trabalhador, pela linha de montagem e pela produção em série.
3ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL.
A invenção do computador (1946) que acelerou o processo de informatização, o conhecimento de novas fontes de energia e o emprego de robôs na linha de montagem deram nova concepção para o termo indústria.
REVISANDO:
As indústrias iniciaram suas atividades principalmente após a Primeira Revolução Industrial que ocorreu no fim do século XVIII início do século XIX, esse momento histórico ficou marcado devido a dois inventos, a máquina têxtil a vapor e a locomotiva.
O seguimento industrial a partir daí sofreu uma série de evoluções, e essa atividade está diretamente ligada às transformações tecnológicas. Atualmente, apesar do uso do termo indústrias para todos os ramos, existem classificações segundo o ramo que cada qual atua. Desse modo, são classificadas em: indústria de base, bens intermediários e bens de consumo.

Indústria de Base
A indústria de base atua na transformação de matéria-prima bruta em produtos a serem utilizados por outras indústrias, nessas podemos destacar:

• Indústria de extração de minérios.
• Indústria de refinaria de combustíveis fósseis.
• Indústria Siderúrgica atua no processamento de minérios.
• Indústria química desenvolve produtos químicos usados nas indústrias e em outras atividades.
Indústria de bens intermediários
Desenvolvem atividades voltadas para o desenvolvimento de máquinas e equipamentos direcionados para outras indústrias, com isso destaca-se:

• Indústria de autopeças.
• Indústria mecânica, produz implementos agrícolas e industriais.
• Indústria naval.
Indústria de bens de consumo

Esse tipo de indústria divide sua atuação em:

Indústria de bens de consumo duráveis:

• Indústria de automóvel.
• Indústria de eletrodomésticos.
• Indústria de móveis.

Indústria de bens de consumo não-duráveis

• Indústria de confecção de roupas.
• Indústria de cosmético.
• Indústria de alimentos.

0 comentários:

Postar um comentário